Como calibrar corretamente os pneus

im
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

O post de hoje vai pra todas as pessoas que tem interesse em aprender a calibrar corretamente os pneus, seja para usar com o próprio veículo ou para atender em postos ou oficinas.

Porém, antes disso, temos uma pergunta: você sabe a diferença que uma calibragem correta tem de diferente e quais são os benefícios? Se a resposta for “não” nós te respondemos.

A calibragem correta garante o maior tempo de utilização dos pneus, oferece maior segurança a todos que usam o veículo além de economia de combustível.

Para que você consiga desfrutar ou proporcionar aos seus clientes todas essas vantagens, vamos te ensinar como realizar a calibragem correta.

Quando calibrar o pneu?

Diferente do que muito motoristas fazem, que é esperar ver o pneu murcho para enchê-lo, a recomendação é realizar o enchimento dos pneus pelo menos uma vez por semana, como manutenção mesmo, ou no máximo a cada 15 dias.

Outra dica é de preferência fazer o procedimento com os pneus frios, em outras palavras,  que rodado menos de 3 quilômetros até o lugar escolhido para a calibragem.

Regule o aparelho para 110 PSI

O primeiro passo é verificar se o aparelho está regulado para 110 PSI.

Caso esteja regulado e você perceber que na mangueira a pressão é menor, abra o diafragma. Dessa maneira será liberada a passagem de ar da linha vinda do compressor para o interior do pneu.

Caso a pressão na mangueira estiver maior, o diafragma não se abrirá e a máquina irá liberar o ar da mangueira para o ambiente e baixar a pressão no pneu.

Pressão programada

Para os pneus com a pressão baixa, será feita a equalização através do calibrador, que atingirá a pressão programada, e você saberá disso com a emissão de um som vindo do aparelho.

E a calibragem, finalmente

Chegou o momento de retirar o bico da válvula do pneu, no momento o ar sairá da mangueira e a pressão voltará a zero. Enquanto isso no interior do calibrador, o diafragma se fechará e não deixará que o ar do compressor saia.

Atenção nas libras

Sempre verifique a quantidade correta para o seu veículo, não é recomendado colocar mais nem menos que a quantidade indicada pelo fabricante.

Essa informação do fabricante vai informar  a regulagem de pressão para os pneus dos eixos tanto dianteiros quanto traseiros, isso porque cada um deles tem necessidades diferentes e, além disso, o tamanho do aro também influencia.

Outro ponto a se ter atenção é o peso transportado no veículo, por exemplo, caso o carro esteja com o porta-malas sendo usado e com os 5 lugares ocupados, a pressão deve ser maior.

Todas essas dicas irão ajudar a economizar pneus e combustível, e ainda, vai garantir a segurança de todos que usarem o veículo.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário

Preencha o formulário com seus dados. Campos com * são obrigatórios. *