Como fazer orçamento em Marcenaria

Como fazer orçamento em Marcenaria
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Assim como todo negócio, a marcenaria precisa realizar uma precificação de tudo que oferece, serviços, materiais, etc. para que assim, possa oferecer seus produtos e serviço da forma mais adequada para seus clientes, explorando os preços certos.

E claro, seguindo os valores do mercado com uma margem que, além de ser boa para o cliente também te traga lucros. E é esse motivo que faz o orçamento ser tão importante para a marcenaria.

Orçamento na prática

Para isso tudo funcionar bem, recomendamos que você crie uma planilha para calcular o quanto precisará ser investido para que o móvel seja produzido, analisando:

  • Gastos com custos fixos (Exemplos: salários, aluguel, impostos, encargos sociais, materiais de limpeza, materiais de escritório, etc);
  • Gastos com custos variáveis (Exemplos: matérias-primas, comissões de vendas, insumos para a produção, etc);
  • Contas a pagar;
  • Contas a receber;
  • Mão de obra.

Para que assim seja possível encontrar um valor justo do projeto, seu trabalho valorizado e ao mesmo tempo a satisfação do cliente com o resultado final, sem sentir que pagou caro pelo serviço.

Além disso, você deve avaliar fatores mais intangíveis, como por exemplo, a sua experiência de mercado, seu conhecimento específico ao trabalhar com certos materiais, a qualidade das peças produzidas pela sua marcenaria e também avaliar os preços que estão sendo praticados no mercado pelos seus concorrentes.

Imagine o seguinte exemplo: um marceneiro com 20 anos de experiência obviamente vai ter muito mais conhecimento que alguém que está começando agora. Dessa forma, é natural que os preços sejam mais caros, afinal a expertise do profissional está incluída neste preço.

Os erros comuns em orçamentos de marcenaria

Para que todos esses processos dêem certo e você não saia no prejuízo é necessário tomar cuidado.

Conheça abaixo os principais erros que mais têm causado estresse em marceneiros. É importante que você saiba exatamente quais são eles para que possa evitar no planejamento do seu orçamento.

Não levar a sério o orçamento

As marcenarias que não levam a sério o orçamento, planilhas e planejamentos financeiros acabam ficando bem mais propensas a passar por problemas durante a produção dos móveis, como por exemplo gastos com materiais que não tinham sido cotados, ou que simplesmente estavam mais caros do que você se lembrava.

Ou seja, você acaba saindo no prejuízo, visto que já foi passado um valor final para o cliente, que possivelmente ficaria bem furioso se no meio do caminho o valor fosse ajustado.

Portanto o orçamento precisa ser visto como um recurso estratégico, de uma empresa que quer ser levada a sério.

O orçamento tem o objetivo de aumentar os resultados da marcenaria, passando a ser visto não somente como algo burocrático para uma estratégia profissional.

Não-descrição do serviço a ser prestado

Outro lugar onde vimos problemas recorrentes é na falta de explicação sobre o serviço a ser desenvolvido, os processos que serão executados até a entrega final.

O motivo do erro é simplesmente você não se valorizar, nem valorizar sua empresa, passar apenas o orçamento, valor final e deixar por isso mesmo.

Tendo em vista que a confiança é passada durante a explicação do serviço, materiais e ferramentas que serão usados, e porque serão usados, e até mesmo conseguir uma brecha para dar dicas para aperfeiçoar a ideia do cliente sobre o móvel a ser produzido.

Procure explicar detalhadamente, porém não como se estivesse ministrando uma aula, fale de maneira simples, transmitindo confiança e seriedade.

Não ser claro quanto a data de entrega

Esse é um dos mais clássicos. A falta de clareza quanto a data de entrega é completamente prejudicial à reputação da marcenaria.

Você precisa falar e escrever no mesmo documento do orçamento quanto tempo você será preciso para realizar cada etapa do projeto, além de explicar brevemente o motivo do tempo e dos valores cobrados, coisas que farão sentido para seu cliente.

Isso torna o seu trabalho mais profissional aos olhos do cliente e faz com que se sinta confiante e confortável em ter escolhido a sua marcenaria.

Não ser claro quanto ao valor

Assim como citamos no ponto acima, a necessidade em explicar detalhadamente os processos do serviço e quanto tempo leva cada um deles, você precisa também ser bem claro quanto ao valor, tanto dos materiais quanto da mão de obra.

Essa é a hora perfeita para você mostrar os diferenciais da sua empresa, as qualificações dos seus funcionários e a qualidade das máquinas e equipamentos que serão usados para produzir o móvel.

Deixe que o cliente entenda o valor agregado do serviço que você oferece, ao ponto que ele não reclame do preço nem chore por descontos.

Resumindo isso tudo, um orçamento na marcenaria oferece uma ferramenta para que a empresa trabalhe de maneira planejada e que clientes e funcionários vejam a empresa com o profissionalismo que você deseja.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário

Preencha o formulário com seus dados. Campos com * são obrigatórios. *