Como gerenciar equipamentos para a Construção Civil

Close-up of a construction site excavator
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Para o bom desempenho de uma empresa do segmento de construção civil, a forma como são gerenciadas as máquinas e os equipamentos acaba se tornando essencial para gerar economia e qualidade para as obras.

Esse assunto tem influência desde o orçamento da obra, desenvolvimento da construção até o prazo de entrega.

Como você pode perceber, não é algo tão simples, muito pelo contrário, demanda bastante atenção, cuidado e esforço.

Sabemos que não é um assunto fácil, por isso preparamos algumas dicas para te explicar a importância de gerenciar máquinas e equipamentos e quais são as melhores opções para fazê-lo. Acompanhe conosco abaixo!

Fornecedores

Se sua empresa encontra mais vantagens em comprar máquinas e equipamentos, o primeiro e mais importante passo é a decisão dos fornecedores.

É preciso fazer uma pesquisa entre os fornecedores com mais tempo no mercado, os que oferecem melhores benefícios, garantias, qualidade no produto, e claro, um preço justo.

Uma alternativa também é fechar parcerias com fornecedores para facilitar todo o processo desde compra de novos equipamentos, manutenções até conseguir melhores condições de pagamento pela alta demanda de uma obra.

Treinamento dos funcionários

De nada adianta ter os melhores fornecedores, que garantem equipamentos de qualidade se o funcionário que assumirá o comando dele não estiver completamente preparado para desempenhar o trabalho.

O preparo dos funcionários é essencial para manter os equipamentos em boas condições, aumentar seu tempo de uso sem precisar de manutenção, garantir a segurança de quem comanda o equipamento e dos funcionários do canteiro de obra, além de evitar gastos desnecessários.

Os gastos desnecessários viriam porque as máquinas e equipamentos do segmento da construção civil são compostos de peças muito pesadas e consequentemente de um valor bem mais elevado.

Portanto, o mal uso dele pode causar gastos que além de desnecessários são inesperados, ou seja, aumenta o orçamento final da obra, além do que pode causar atraso na etapa atual da obra, visto que será necessário a troca do equipamento para manutenção.

Manutenção preventiva

Falando em manutenção, vamos explorar um pouco do assunto “manutenção preventiva”.
Não é novidade para nenhum profissional da construção civil que um equipamento tem um tempo de vida útil.

Porém para ser possível chegar até ela é preciso tomar alguns cuidados. A manutenção preventiva é uma delas, responsável por conservar as peças em boas condições e evitar desgaste precoce.

Além disso, é muito importante que o condutor da máquina estude bem o manual do fabricante para conhecer todas suas peculiaridades e conseguir avaliar com frequência o estado dessa máquina.

Aluguel de equipamentos

Agora, se a ideia de arcar com a compra das máquinas e equipamentos e ter que se preocupar com manutenção não te parece uma boa solução, existe também a possibilidade do aluguel.

Assim como no processo da compra, é preciso analisar todas as possibilidades de fornecedores, pensando na qualidade, prazo para manutenção, valores das manutenções, e treinamento dos funcionários.

Se a conta em comparação com a compra for vantajosa, com certeza você vai contar com muito mais tranquilidade para focar em outros assunto da obra.

Agora que você conheceu algumas opções chegou a hora de colocar tudo no papel e descobrir qual a melhor solução para a construtora tendo em vista as necessidades da obra.

Se esse texto foi útil pra você não deixe de recomendar para seus colegas de profissão. Compartilhe em suas redes sociais!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário

Preencha o formulário com seus dados. Campos com * são obrigatórios. *