Reforma hidráulica: quais você deve saber fazer?

reforma-hidraulica-quais-voce-deve-saber-fazer.jpeg
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Um prestador de serviços competente deve estar preparado para fazer reparos hidráulicos de maneira profissional, transmitindo ao cliente segurança e confiança. Para se capacitar na área, o primeiro passo é conhecer detalhadamente alguns tipos de reforma hidráulica.

Trocar materiais antigos, instalar peças sanitárias e colocar registros são alguns exemplos dessas atividades. Quer saber algumas dicas de como atuar nesse tipo de reforma de maneira competente e sempre beneficiando o seu cliente? Então continue a leitura!

Troca de tubulação

Trocar estruturas de ferro por canos de PVC é uma necessidade comum em casas mais antigas. O serviço garante a qualidade da água, já que materiais de ferro podem contaminá-la com ferrugem e outros resíduos. Além disso, esse tipo de tubo também pode causar infiltrações.

É importante pensar em como o material vai ser utilizado. Instalações que vão conduzir água quente, por exemplo, devem ser de PPR, já que são mais duráveis. Outra dica é não economizar na hora de escolher o material: para assegurar que a reforma se mantenha sem problemas por vários anos, é fundamental investir em bons produtos.

Para não errar na qualidade, veja se a marca tem boa reputação e se o fabricante é citado pelo Programa Brasileiro de Qualidade do Habitat (PBQP-H). Outra dica é usar tubos de uma mesma marca. Assim, é possível evitar dificuldades em relação ao encaixe dos produtos e garantir uma padronização na obra.

Inserção de peças sanitárias

Vasos, torneiras, pias e objetos semelhantes precisam ser instalados por último na reforma hidráulica. Também é importante conferir se não há nenhum tipo de problema com o encanamento antes de instalar esses itens. Por isso, não feche a parede antes de verificar a existência de algum possível vazamento.

Para fazer um bom trabalho nessa etapa dos reparos, é necessário ter paciência. Normalmente, o ideal é fazer a instalação dessas peças após o trabalho do pintor. Assim, a dica é primeiro fazer a instalação dos canos, aguardar o trabalho do pedreiro e do pintor e só depois voltar para colocar vasos e torneiras.

Dessa forma, após a finalização do chão e das paredes, o encanador pode proceder com as instalações. Essa é uma maneira de facilitar o trabalho de quem vai lidar com o acabamento do local e garantir que os objetos sanitários sejam preservados de possíveis estragos durante a fase da pintura.

Instalação de registros

Oriente seu cliente a colocar um registro diferente em cada local da casa onde haja pontos de água, como cozinha e banheiro. Com essa medida simples, é possível evitar que futuros problemas de vazamento, por exemplo, prejudiquem todos os aposentos de uma só vez. Assim, sem economizar nos registros, é possível obstruir a saída de água em uma parte da casa sem prejudicar as outras.

Além disso, é importante saber a diferença entre os principais tipos de registro antes de fazer a instalação. O registro de gaveta ou de esfera tem como função cessar totalmente a liberação da água. Por isso, deve ser instalado em colunas de distribuição. Já o registro de pressão controla a vazão do líquido. Sendo assim, deve ser colocado próximo a pontos de utilização específicos, como chuveiros e torneiras.

Fazer a reforma hidráulica de uma casa requer um bom planejamento. É preciso pensar nas várias etapas do processo e conhecer a fundo as particularidades de cada tipo de trabalho. Com conhecimentos específicos, fica mais fácil fazer atividades como trocar a tubulação ou os registros, transmitindo segurança ao cliente. Assim, a obra tem mais chance de decorrer sem atrasos ou problemas e você garante a fidelização do consumidor.

Gostou das dicas? Então confira outro material que preparamos para você sobre o tema. Nele, vamos explicar quais são os erros mais comuns em reformas hidráulicas e como evitá-los!

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário

Preencha o formulário com seus dados. Campos com * são obrigatórios. *